Boletim Informativo

Recife, 16 de março de 2014

Declaração do Recife aprovada pelo Congresso Mundial de Engenheiros Escritores      Clique aqui e cxonheça um pouco da história do Clube de Engenharia de Pernambuco   União Brasileira de Escritores

 
 

Aluízio Fagundes Marc Meyers Evando Miirra Alexandre Santos Sebastião Campello Melchíades Montenegro Filho Antonio Nunes Ney Perracini Andrea Taubman Carlos Newton Júnior  Hélio Teixeira Coelho  Caio Porto   José Luiz da Mota Menezes

A ENGENHARIA NA ARTE E NA LITERATURA

Congresso Mundial de Engenheiros Escritores aprova Declaração do Recife

 

   

Em 15 de março de 2014, em solenidade no auditório do Forte das Cinco Pontas, no bairro de São José, no centro do Recife, por ocasião do encerramento das atividades literárias do 'I Congresso Mundial de Engenheiros Escritores', por aclamação, os presentes aprovaram a 'Declaração do Recife', cujo texto insta a criação de uma rede internacional de intercâmbio e articulação (clique aqui e veja o texto na íntegra).

"Os engenheiros, arquitetos, urbanistas, agrônomos, geólogos, geógrafos, físicos, químicos e demais profissionais das áreas técnicas e das ciências exatas e da natureza reunidos em Congresso Mundial de Engenheiros Escritores, realizado no Forte das Cinco Pontas, no Recife, entre os dias 13 e 16 de março de 2014, considerando conveniência de estreitar as relações e a convivência cultural dos colegas que, independentemente do local onde exerçam a profissão e a militância artística, cultivem o gosto pela arte, em especial a arte literária, propõem a realização de esforços para a criação de uma rede de intercâmbio e articulação cultural com o objetivo de dar suporte e criar ambiência favorável a sua ação artística".

       

Na 5ª feira, dia 13 de março de 2014, em solenidade prestigiada pelo embaixador Lamartine Holanda, decano do corpo consular em Pernambuco, e presidentes Alexandre Santos, da Associação Brasileira de Engenheiros Escritores, Sebastião Campello, do Centro de Estudos do Nordeste, Melchíades Montenegro Filho, da Academia de Letras e Artes do Nordeste, Waldênio Porto, da Rede Integrada de Academias de Letras do Nordeste, e Betânia Corrêa de Araújo, no auditório do Forte das Cinco Pontas, no bairro de São José, no centro do Recife, foi instalado o I Congresso Mundial de Engenheiros Escritores, que até o domingo, dia 16 de março, esteve reunido em programação cultural e encontros sobre o tema 'a engenharia na arte e na literatura mundial' (clique aqui e veja a programação cumprida).

Julio Carrasco profere palestra sobre a metamorfose do pensamento

Na 6ª feira, dia 14 de março de 2014, em concorrida mesa, no auditório do Forte das Cinco Pontas, no bairro de São José, na região central do Recife, o Congresso Mundial de Escritores apreciou aspectos da 'Metamorfose do pensamento em forma de engenho ao logo da criação artística' em palestra do engenheiro químico, artista plástico e poeta mexicano Julio Carrasco (clique aqui e veja a palestra na íntegra).

 

 

Caio Porto apresenta método para estimular interesse pelo conhecimento, ciência e tecnologia

No sábado, dia 15 de março de 2014, em concorrida mesa, no auditório do Forte das Cinco Pontas, no bairro de São José, na região central do Recife, o Congresso Mundial de Escritores discutiu 'Como a Literatura na Engenharia pode despertar o interesse pelo Conhecimento, Ciência e Tecnologia' com palestra do engenheiro Caio Porto.

Antonio Nunes e Andrea Taubman discutem encontro da Literatura infantil com engenharia

 

Na 6ª feira, dia 14 de março de 2014, em concorrida mesa, no auditório do Forte das Cinco Pontas, no bairro de São José, na região central do Recife, o Congresso Mundial de Escritores discutirá 'Engenharia e Literatura infantil: um encontro possível?' com a participação dos escritores Antônio Nunes e Andrea Taubman.

 ABRAEE agradece a patrocinadores

Na 5ª feira, dia 13 de março de 2014, em solenidade no âmbito da abertura do I Congresso Mundial de Engenheiros Escritores, no auditório do Forte das Cinco Pontas, no bairro de São José, no centro do Recife, a Associação Brasileira de Engenheiros Escritores (ABRAEE) prestou homenagem às organizações que contribuíram para a realização do evento - Companhia Editora de Pernambuco, a Empresa de Turismo de Pernambuco, a Fundação de Cultura da Cidade do Recife, ao Museu da Cidade do Recife, a Secretaria de Turismo e Lazer do Recife, a empresa AutoNorte. Na ocasião, representando os demais homenageados, a museóloga Betânea Corrêa de Araújo, diretora-geral do Museu da Cidade, e o escritor Wilmar Medeiros, dirigente da empresa AutoNorte, receberam Certificados de Agradecimento das mãos do escritor Alexandre Santos, presidente e curador-geral do encontro.

         

Livrarias e editoras no Forte das Cinco Pontas

 

No período entre os dias 13 e 15 de março de 2014, junto com as atividades literárias do I Congresso Mundial de Engenheiros Escritores, o Forte das Cinco Pontas, no bairro de São José, no centro do Recife, abrigou pequena feira de livros com estandes de importantes livreiros e editoras como Companhia Editora de Pernambuco (CEPE), Babbeco e Editora Massangana, da Fundação Joaquim Nabuco.

Congressistas encantados com Recife e Olinda

 

No domingo, dia 16 de março de 2014, em visita guiada pelo centro histórico das cidades do Recife e de Olinda, escritores participantes do Congresso Mundial de Engenheiros Escritores cumpriram extensa programação cultural.

 

Engenheiros Escritores confraternizam

   

Todas as noites, ao final das atividades literárias do Congresso Mundial de Engenheiros Escritores, congressistas esticavam a jornada a restaurantes do Recife e de Olinda para festejar o sucesso do encontro e aprofundar as relações.

Conferência de Melo e Castro abre Congresso Mundial de Engenheiros Escritores

Na 5ª feira, dia 13 de março de 2014, em concorrido encontro no auditório do Forte das Cinco Pontas, no bairro de São José, no centro do Recife, por ocasião da abertura do I Congresso Mundial de Engenheiros Escritores, com apresentação do poeta e crítico literário Luis Serguilha, o engenheiro e poeta português Ernesto Melo e Castro proferiu a conferência 'Da terceira cultura à singularidade tecnológica que será do homem?' (clique aqui e veja o texto no íntegra).

Carlos Newton Jr. fala sobre engenharia e poesia na obra de Joaquim Cardozo

Na 6ª feira, dia 14 de março de 2014, em concorrida mesa, no auditório do Forte das Cinco Pontas, no bairro de São José, na região central do Recife, o Congresso Mundial de Escritores apreciou a 'Engenharia e Literatura na obra de Joaquim Cardoso' com palestra do arquiteto e professor Carlos Newton Jr.

Sob coordenação de Ney Perracini, mesa reúne Alexandre Santos, Eduardo Côrtes, Sebastião Campello e Melchíades Montenegro Filho

No sábado, dia 15 de março de 2014, em concorrida mesa coordenada pelo engenheiro Ney Perracini, no auditório do Forte das Cinco Pontas, no bairro de São José, na região central do Recife, o Congresso Mundial de Escritores apresentou painel de comunicações. Na ocasião, o engenheiro Alexandre Santos falou sobre 'A beleza das obras de engenharia', o engenheiro Eduardo Cortes falou sobre 'A ferrovia na literatura mundial', o engenheiro Sebastião Campello falou sobre 'O anonimato de grandes obras de engenharia' e o geógrafo Melchíades Montenegro Filho falou sobre 'A obra da engenharia como personagem literário'.

Aluízio Fagundes profere palestra sobre a vida e a obra de Euclides da Cunha

No sábado, dia 15 de março de 2014, em concorrida mesa, no auditório do Forte das Cinco Pontas, no bairro de São José, na região central do Recife, o Congresso Mundial de Escritores apreciou a 'Vida e Obra de Euclides da Cunha' com palestra do engenheiro escritor Aluízio Fagundes.

José Luiz Mota Menezes e as fortificações militares antigas

Na 6ª feira, dia 14 de março de 2014, em concorrida mesa, no auditório do Forte das Cinco Pontas, no bairro de São José, na região central do Recife, e apresentação da professora Andrea Campos, o Congresso Mundial de Escritores discutiu as 'As fortificações militares na Arte e na Literatura' com palestra do arquiteto e urbanista José Luiz Mota Menezes.

Congressistas conhecem Museu do Homem do Nordeste

Na 6ª feira, dia 14 de março de 2014, em programação cultural na sede da Fundação Joaquim Nabuco, na Avenida 17 de agosto, no bairro de Casa Forte, no Recife, escritores participantes do Congresso Mundial de Engenheiros Escritores conheceram o Museu do Homem do Nordeste.

Show da Up Town Blues Band marca encerramento das atividades literárias do Congresso Mundial de Engenheiros Escritores

No sábado, dia 15 de março de 2014, marcando o encerramento das atividades literárias do 'I Congresso Mundial de Engenheiros Escritores', a Up Town Blues Band, liderada pelo engenheiro Giovanni Papaléu, apresentou animado show em tenda especialmente erguida para a ocasião, no Forte das Cinco Pontas, no bairro de São José, no centro do Recife.

 

Com saudação de Geraldo Santana, engenheiros escritores prestam homenagem a Joaquim Cardozo

Na 5ª feira, dia 13 de março de 2014, por ocasião da solenidade de abertura no auditório do Forte das Cinco Pontas, no bairro de São José, no centro do Recife, com saudação do arquiteto e urbanista Geraldo Santana, o I Congresso Mundial de Engenheiros Escritores prestou homenagem ao poeta Joaquim Cardozo, patrono da Associação Brasileira de Engenheiros Escritores (ABRAEE).

Marc Meyers fala sobre Uma vida e dois caminhos

No sábado, dia 15 de março de 2014, em concorrida mesa, no auditório do Forte das Cinco Pontas, no bairro de São José, na região central do Recife, o Congresso Mundial de Escritores vai receber o engenheiro Marc Meyers, cuja palestra denomina-se 'Ciência e Literatura: Uma Vida e Dois caminhos'.

Marc Meyers lança 'a Dama e o Luxemburguês' no Recife

No sábado, dia 15 de março de 2014, em concorrida solenidade no âmbito do 'I Congresso Mundial de Engenheiros Escritores', no auditório do Forte das Cinco Pontas, no bairro de São José, no centro do Recife, o escritor Marc Meyers, professor da Universidade da Califórnia, lançou o romance A dama e o luxemburguês'.

ABRAEE e Instituto de Engenharia firmam convênio de cooperação

No sábado, dia 15 de março de 2014, em solenidade no âmbito do 'I Congresso Mundial de Engenheiros Escritores', no auditório do Forte das Cinco Pontas, no bairro de São José, no centro do Recife, tendo os escritores Aluízio Fagundes e Melchíades Montenegro Filho como testemunhas, o presidente Alexandre Santos firmou convênio de cooperação da Associação Brasileira de Engenheiros Escritores (ABRAEE) com o Instituto de Engenharia, que abrigará a sede do núcleo paulista da ABRAEE. O núcleo paulista da ABRAEE foi criado em 04 de fevereiro, em encontro coordenado pelo dirigente Aluízio Fagundes, na sede do Instituto de Engenharia, em São Paulo, com a participação dos engenheiros escritores Francisco Moura Campos, Caio Porto, Miracyr Marcato, Nestor Tupinambá, Reginaldo Paiva, Aluizio Fagundes, Örs Zsolnoky e José Everaldo Vanzo.

ABRAEE lança Safira 2013

Na 6ª feira, dia 14 de março de 2014, em solenidade no âmbito do I Congresso Mundial de Engenheiros Escritores, no auditório do Forte das Cinco Pontas, no bairro de São José, no centro do Recife, a Associação Brasileira de Engenheiros Escritores (ABRAEE) lançou a edição 2013 da coletânea Safira, que conta com a participação dos escritores Adriana Regina Tozzi, Aelfo Marques Luna, Alberto Bittencourt, Alexandre Santos, Alfeu Valença, Aluízio de Barros Fagundes, Antônio Nunes (Tonton), Caio Porto, Clauder Arcanjo, Cristovam Buarque, Eduardo Côrtes, Eliseu Resende, Evando Mirra, Fernando Gusmão, Frederico Tompson, Giovani Papaleo, Gorki Mariano, Heitor Bezerra de Brito, Hélio Trigueiro, Jacques Ribemboim, Jessier Quirino, Joaquim Osterne Carneiro, José Mendes de Souza Moura, Leonardo Sampaio, Lucila Lins Boudoux Jatobá, Luiz Carlos Nelb Lacerda, Manuela Modesto Dantas, Marcelo Reis, Marco Juno Costa Flores, Maria da Salete do Rêgo Barros Melo, Melchiades Montenegro Filho, Ney Fernando Perracini de Azevedo, Pedro Paulo de Araújo, Ricardo Cavalcanti Furtado, Rui Xavier, Urbano Possidônio de Carvalho e Walter Alves Ramalho.

Hélio Teixeira Coelho e Bruno Carneiro da Cunha desvendam aspectos científicos de 'Anjos e Demônios'

Na 6ª feira, dia 14 de março de 2014, em concorrida mesa, no auditório do Forte das Cinco Pontas, no bairro de São José, na região central do Recife, o Congresso Mundial de Escritores discutiu os aspectos científicos do enredo do best seller ‘Anjos e Demônios’, de Dan Brown, com a participação dos físicos Hélio Teixeira Coelho e Bruno Carneiro da Cunha.

 

Ficha Técnica

Congresso Mundial de Engenheiros Escritores

Eempreendimento cultural de iniciativa da Associação Brasileira de Engenheiros Escritores (ABRAEE)

Objetivo
reunir escritores de formação profissional nas áreas da tecnologia e das ciências exatas e da natureza em encontro internacional para a troca de conhecimentos e experiências literárias e artísticas,

Período
13 e 16 de março de 2014

Tema
A engenharia na arte e na literatura mundial

Personalidade Homenageada
Joaquim Cardozo

Curador-Geral
Alexandre Santos

Local
Forte das Cinco Pontas, Cidade do Recife (Pernambuco)

Comissão Coordenadora:

Alexandre Santos

Evando Mirra

Aluízio Fagundes

Ney Perracini

Melchíades Montenegro Filho

Parceria Cultural

União Brasileira de Escritores e Clube de Engenharia de Pernambuco
 

 

CONGRESSO MUNDIAL DE ENGENHEIROS ESCRITORES